Você é hater? Conheça os 8 sintomas


No mundo da mídia social, principalmente no nicho da música pop, há milhões de haters. Obviamente, há vários níveis, desde aquele que só hateia de vez em quando até aquele hater dedicado que não consegue dormir direito se não tiver dado hate em alguém durante o dia.

Ser hater e ter uma opinião negativa sobre uma pessoa são coisas diferentes. Opiniões negativas são baseadas em coisas concretas e testadas, ou seja, você escutou determinado artista e não gostou ou o mesmo fez alguma coisa com a qual você não concorda. Às vezes essas opiniões são acompanhadas por críticas construtivas.

Já ser hater é ser excessivamente negativo em relação a alguém baseado em mero preconceito ou em boatos que a pessoa não se preocupa em apurar. Ou mesmo baseadas em rixas fomentadas pela mídia entre o objeto do hate e a diva da pessoa que está hateando. Ou seja, não tem muito fundamento objetivo, é extremamente raro que um hater tenha ouvido ou assistido alguma coisa além do óbvio sobre o objeto de seu ódio.

No entanto, precisamos de sensibilidade de separar o hate real de brincadeiras feitas por fãs. Sabe quando você chama seu irmão ou um amigo íntimo de 'filho da p*ta' sem querer ofender de verdade, só pela zoeira? Muitos fãs fazem isso ao se referir a seus ídolos. Mas esses fãs precisam saber o lugar apropriado de fazer isso, assim como terceiros tem que verificar pelo contexto se é zoeira ou hate. Como a POPlândia não é uma fanpage de ninguém, geralmente o que parece hate por aqui É hate, assim como em outras páginas sobre música pop.

Seja como for, não podemos transformar nossos gostos musicais em uma disputa de torcidas organizadas. Felizmente isso ainda tá na esfera virtual, então não temos vítimas reais. Ainda. Não duvide nunca da capacidade das pessoas se tornarem fundamentalistas.

Vamos os sintomas:

1Entrar em discussões que não tem nada a ver com você
Essa é simples: quando você não gosta de um artista, você ignora. Quem sente a necessidade real de gastar tempo e internet para fazer comentários negativos raivosos sobre alguém que não fez nada contra essa pessoa geralmente é um hater.

2. Ressuscitar desentendimentos passados para manter a treta viva
Às vezes artistas tem atritos entre si, ou então a mídia força de vez em quando uma rixa que nem existe na vida real. Se você pega tretas que aconteceram anos atrás para por lenha na fogueira, provavelmente você está agindo como um hater

3. Dar apelidos pejorativos aos hateados
Além disso ser sintoma de hate, ainda é uma coisa infantil e deselegante. Em nenhum debate minimamente civilizado as pessoas se referem à certos artistas com nomes como 'quadril de farofa', 'múmia' e 'cobra nazista'.

4. Paranoia e atitude defensiva
Quando um não-hater cai na besteira de debater com um hater, qualquer coisa dita vai soar como um ataque pessoal, mesmo que sejam apresentados dados de fontes confiáveis de forma educada ou o desavisado esteja simplesmente discordando de alguma coisa. Isso fica ainda mais grave quando esse ser cheio de ódio no coração não se dá por vencido e tenta atacar a pessoa que discorda dele ao invés de rebater seus argumentos. 

5. Usar fakes para odiar
Às vezes os haters sabem que são haters. E sabem que isso é péssimo e pega muito mal para imagem deles. Então o que eles fazem? Tentam melhorar? Guardam seus pensamentos para si? Não, eles abrem contas fakes nas redes sociais (às vezes com os sobrenome da artista favorita) só para destilar seu ódio anonimamente, o que vai inclusive contra as diretrizes de alguns sites como o Facebook. Se você faz isso, torce pra ninguém te denunciar.

6. GIFs e memes do mal
Alguns haters fazem GIFs e memes para por um pouco de humor no hate, muitas vezes fazendo chacota de assuntos sérios, como morte, doença e separações. Perdoai Gretchen, eles não sabem o que fazem.

7. Ignorar tudo de bom que a pessoa odiada fez
O ódio excessivo pode cegar a ponto dos haters simplesmente ignorarem as coisas boas que a pessoa odiada fez. Seja aquela música maravilhosa, um discurso empoderador, aquele dinheiro doado para instituições de caridade ou apoio a artistas menores que não conseguiriam brilhar sem ajuda, nada disso vale aos olhos do hater.

8. Ser um fã cego de alguém
Da mesma forma que um hater tem uma opinião apaixonadamente ruim sobre X, ele tende a ter uma opinião apaixonadamente boa sobre Y. Se você trata seu artista favorito como um deus, que nunca erra e que 'pisa' em todos os outros artistas, provavelmente tem uma leve tendência a ser hater de tudo e todos que venham contra a 'divindade' do seu ídolo. Mesmo que ele seja um ser humano que erra como todos nós.

A pergunta que fica é: por que? O hater não ganha dinheiro, reconhecimento, nem nada de útil, apenas a concordância e os likes de outros haters. Se a sua necessidade de pertencer a um grupo é tão grande assim,  por que não procurar um que acrescente alguma coisa? A vida já é tão difícil fora da internet, ninguém precisa que ela se torne um campo de batalha no mundo virtual também.
Você é hater? Conheça os 8 sintomas Você é hater? Conheça os 8 sintomas Reviewed by Wilson Barroso on domingo, fevereiro 04, 2018 Rating: 5