Análise de clipe: 'Song for the Lonely', de Cher


'Living Proof' é o 25º álbum de estúdio de Cher, mais conhecida por aí como 'Deusa do pop', lançado em 19 de Novembro de 2001 na Europa e quase três meses depois nos Estados Unidos e, assim como o gigantesco álbum 'Believe', de 1998, apostou em uma sonoridade altamente eletrônica e dançante com tendências à disco e ao house.

Seu segundo single, 'Song for the Lonely', foi lançado em 19 de Março de 2002 e chegou ao primeiro lugar da 'Hot Dance Club Songs'. O que originalmente era uma canção sobre amor e solidariedade com as pessoas que estão sozinhas, após os atentados de 11 de Setembro de 2001 se tornou um verdadeiro hino de esperança e otimismo para os Estados Unidos e as próprias vítimas da tragédia, assim como uma espécie de agradecimento a todos que trabalharam para controlar os danos causados pelo atentado.


Para os padrões de hoje, 'Song for the Lonely' ganhou um clipe relativamente simples, mas na verdade representa a alta tecnologia do distante ano de 2002. Ele intercala dois planos, um que mostra Cher cantando na frente de um fundo preto com sua icônica peruca platinada e outro onde ela está andando pela cidade de Nova York com roupas modernas, começando por uma época que remete ao século XIX, com filtro sépia.



À medida que ela vai caminhando, as pessoas começam a seguir a cantora, assim como prédios e construções modernas surgem em uma Nova York primitiva, aparentemente obedecendo à vontade de Cher (deusa faz assim, né).



Então o filtro da gravação passa para preto e branco, se ambientando aparentemente nos anos vinte ou trinta, ainda com os personagens do século XIX seguindo a cantora. Quando o filtro fica colorido e o clipe parece ambientar a década de oitenta, a dinâmica se mantém.


No 'presente', Cher está sendo acompanhada por muita gente, e o World Trade Center, destruídos nos atentados, foram 'reconstruídos' pela cantora.


Ela então sobe em um prédio (enquanto a mesma ainda está construindo), até chegar no terraço, onde é aplaudida pelas pessoas que a seguiram, até que o clipe termina com uma visão aérea da cidade. É impossível não se sentir bem depois que o vídeo termina.



Análise de clipe: 'Song for the Lonely', de Cher Análise de clipe: 'Song for the Lonely', de Cher Reviewed by Wilson Barroso on quarta-feira, fevereiro 07, 2018 Rating: 5