Área VIP: Lady Gaga com 'Paparazzi' no VMA 2009


O VMA (MTV Music Video Awards) de 2009 foi uma premiação simplesmente lendária. premiando músicas que são reconhecidas como clássicas, como 'Single Ladies' de Beyoncé e 'Paparazzi' de Lady Gaga, além de ser palco daquele momento inesquecível em que Kanye West, em um acesso de falta de educação, invadiu o palco durante o discurso de agradecimento de Taylor Swift, após a cantora ter ganho o prêmio de Melhor Vídeo Musical Feminino por 'You Belong With Me', tirando o microfone de suas mãos e manifestando seu apoio a Beyoncé. 

Como se não bastasse esse vexame histórico, este VMA trouxe uma das performances mais icônicas da premiação, eleita pela própria revista Billboard como a quarta melhor apresentação da história do VMA, atrás apenas de Michael Jackson, Madonna e Bon Jovi. E como em 2009, a mídia e mundo musical estavam sendo varridos pelo furacão Lady Gaga, que chocava e subvertia com visuais, clipes e performances a todo momento, não poderíamos esperar menos. E convenhamos, o mundo musical americano dessa época estava precisando muito de umas sacudidas.


O palco de 'Paparazzi' nada mais era do que o hall de entrada de uma mansão, com escadaria dupla com patamar as unindo e um grande lustre no chão. Isso é uma referência ao clipe, pois grande parte de seu enredo acontece em uma mansão. Tanto os dançarinos quanto a própria cantora estão vestidos de branco, inclusive em um adereço de cabeça icônico usado por Lady Gaga.


Gaga começa cantando trechos de 'Poker Face', seu segundo single solo, mas logo 'Paparazzi' começa com arranjos orquestrados inesperados. Apesar de ter começado a cantar deitada, logos os dançarinos a levantam e iniciam a coreografia, que é super brusca e interpretativa, o que carrega um pouco da própria personalidade artística da cantora na época, que logo se integra na dança



Em certo momento, Gaga performa de muletas, enquanto uma dançarina mascarada em uma cadeira de rodas faz uma referência clara ao clipe. E então, logo após o break da música, Gaga vai até o piano, onde toca um pedaço da canção (praticamente uma marca registrada da cantora). Mas o que acontece depois é o ponto alto da performance.


Ao sair do piano, uma bolsa escondida na roupa da cantora começa a liberar sangue, que molha a cantora enquanto ela canta com cara de agonia. Perto de acabar, os dançarinos formam um enxame ao seu redor e prendem um cabo a Lady Gaga, que termina a apresentação suspensa com uma espécie de luz 'do Paraíso' atrás.


É uma performance muito simbólica. Assim como a faixa em si, a apresentação lida com a forma com que a fama pode atrapalhar a vida, focando na obsessão e na exploração da mídia e dos paparazzi. A parte final da apresentação representa suas consequências. O sangue pode simbolizar o sofrimento causado por esse tipo de perseguição, bem como a própria fragilidade da cantora. Quando os dançarinos formam um enxame ao redor da cantora, nada mais é que a própria mídia se alimentando dessa fragilidade, traçando um paralelo simbólico com as imagens de um abutre ao redor de uma carcaça.

A saída do palco é um suicídio. Ao ficar pendurada imóvel, Lady Gaga evoca a imagem de uma morte por enforcamento (como aparece em uma cena do clipe), mas adaptada para a censura da premiação. A luz de fundo reforça essa interpretação, como se o Paraíso recebesse a alma desencarnada da cantora.

Área VIP: Lady Gaga com 'Paparazzi' no VMA 2009 Área VIP: Lady Gaga com 'Paparazzi' no VMA 2009 Reviewed by Wilson Barroso on sexta-feira, janeiro 19, 2018 Rating: 5