Sete músicas que vão fazer você se apaixonar por Coeur de Pirate



Béatrice Martin, conhecida como Coeur de Pirate, é uma cantora, pianista e compositora canadense, aclamada no mundo do indie pop e conhecida pela voz doce e macia, além do talento ao piano. Ela é elogiada pela crítica por levar a chanson française para a juventude do Québec, província francófona do Canadá.

Além disso, a cantora se declarou queer em 2016, em reação ao tiroteio na boate Pulse, tendo em seguida se divorciado do então marido para viver com Laura Jane Grace, vocalista da banda Against Me!, se consolidando como gay icon. A POPlândia escolheu sete faixas para divulgar e enaltecer o trabalho dessa artista maravilhosa.

1. Ensemble (Coeur de Pirate, 2008)
Na era da internet, às vezes basta ter uma música em um vídeo viral para alavancar a carreira musical. E no caso de Bèatrice, o terceiro single de seu primeiro álbum foi usado em um vídeo que mostra bebês brincando (veja aqui) , o que levou a uma reportagem no Good Morning America e uma review de Perez Hilton! Já a faixa em si é do gênero chanson, com melodia animada e bem marcada no piano, do tipo que esperamos ouvir em um bistrô elegante nas ruas de Paris.


2. Francis (Coeur de Pirate, 2008)
Último single do álbum, essa faixa é mais delicada, lenta e sentimental do que 'Ensemble'. Ela fala sobre 'Francis', melhor amigo da cantora e seu companheiro na extinta banda December Strikes First.


3. Adieu (Blonde, 2011)
Após o sucesso de seu primeiro álbum, que vendeu mais de 700.000 cópias mundialmente, Béatrice diminuiu a força do piano e tomou elementos da música dos anos 60. O primeiro single do novo trabalho da cantora sintetiza muito bem essa nova influência, com o baixo e marcação da batida. O clipe também carrega essa nova direção, com vários elementos vintage, pinups e cheerleader.


4. Place de la République (Blonde, 2011)
Essa faixa retoma a estética do álbum anterior da cantora, sendo composta majoritariamente de voz e piano, embora a bateria perto do final dê um tempero todo especial. É melancólica, triste e muito emotiva. A faixa tem seu nome derivado de uma famosa praça em Paris, e foi escrita logo após o álbum 'Coeur de Pirate' ter sido finalizado, portanto, carregando os sentimentos de Béatrice com o sucesso em seu trabalho.



5. Carry On/ Oublie-Moi (Roses, 2015)
Amenizando a presença do piano e as influências vintage, o álbum 'Roses' traz um trabalho mais internacionalista, a começar por seu primeiro single, que tem uma versão em inglês e outra em francês. Carry On traz instrumentação mais complexa, com sintetizadores e baixo, sem abandonar totalmente a elegância da chanson. O clipe é uma peça de dança interpretativa, muito bonita e bem executada.


6. Crier Tout Bas (Roses, 2015)
Depois de um certo tempo de carreira, um artista tem propriedade o suficiente para falar sobre seu trabalho e sobre os problemas associados a ele. Essa faixa fala do contraste entre a euforia do público e grandes momentos de solidão do artista. Os efeitos de bomba e a melodia bem construída com sintetizadores e piano funcionam muito bem, ornando muito bem com a letra.


7. Oceans Brawl (Roses, 2015)
A introdução dessa faixa dura quase um minuto, começando com o som das ondas e de instrumentos de sopro, logo substituídos pelo piano e pela voz doce de Bèatrice, ao lado de sintetizadores discretos e bateria, em uma música que fala sobre um relacionamento destrutivo.


Sete músicas que vão fazer você se apaixonar por Coeur de Pirate Sete músicas que vão fazer você se apaixonar por Coeur de Pirate Reviewed by Wilson Barroso on terça-feira, novembro 28, 2017 Rating: 5