Muito além de 'My Heart Will Go On'


Uma das cantoras mais famosas e ricas do mundo, Céline Dion é um exemplo vivo de que sonhos viram realidade. A mais nova de 14 irmãos, vinda de uma família pobre no Quebec, Canadá, ela se tornou uma das cantoras mais vendidas do mundo, conhecida e celebrada em todo o planeta, em parte por ter cantado o sucesso 'My Heart Will Go On', da trilha sonora do clássico moderno 'Titanic'.

A cantora já conta com 26 álbuns, em inglês e em francês, além de uma quantidade enorme de hits e ainda maior de música boa. A POPlândia escolheu sete músicas maravilhosas para mostrar um pouco da versatilidade e do talento de uma das maiores vozes que o mundo conhece.

1. Unison (Unison, 1990)
Direto do décimo-quinto álbum da cantora, seu primeiro em inglês, 'Unison' mistura dancepop do começo dos anos noventa com traços de disco, principalmente na batida e no backing vocal. Já podemos ver a desenvoltura de Céline na língua inglesa, apesar de ser executado com voz mais contida, sem tantos efeitos e ornamentos. 


2. Destin (D'Eux, 1995)
'D'Eux' é o álbum 100% em francês mais vendido da história, ultrapassando 10 milhões de cópias vendidas mundialmente. Seu terceiro single, 'Destin', tende um pouco ao country e ao rock e tem uma instrumentação maravilhosa, baseada em guitarra. É uma pena ter sido ofuscado pelo sucesso estrondoso de 'Pour Que Tu M'Aimes Encore', que abriu a promoção do álbum e é o 107º single mais vendido de sempre na França.


3. Sorry For Love (A New Day Has Come, 2002)
Essa música não se tornou single, mas merece todo o reconhecimento. Ela é uma daquelas canções dancepop/synthpop com instrumentação relativamente lenta, mas com batida de sintetizador um pouco mais rápida e metida a futurista marcando o compasso. Apesar de não prometer muito, o solo vocal que a cantora executa na segunda metade da música é simplesmente de tirar o fôlego.


4. Contre Nature (1 Fille & 4 Types, 2003)
A era country chega para todas, e no caso de Céline, ganhou o direito de chegar em francês também. 'Contre Nature' é uma canção country e folk, uma espécie de tradução do que a cantora fez no álbum 'One Heart'. Com o instrumental bem típico do estilo, com violão, guitarra e teclado, essa canção é simplesmente deliciosa.


5. Et S'Il N'En Restait Qu'Une (Je Serais Celle-Là) (D'Elles, 2007)
Essa canção, cujo título é quase um trava-línguas, é uma balada acústica com influências do rock e da música erudita, com melodia discreta, que deixa a voz de Céline se sobressair. Apenas no refrão e no final, uma espécie de coro operático aparece e compete com a cantora. 


6. Alone (Taking Chances, 2007)
Encerrando os trabalhos do álbum, essa canção pode ser resumida em uma balada pop romântica e bastante acústica, com direito a piano, violino e a uma performance vocal linda, digna de Celine. Simples, elegante e tocante, essa faixa traz o espírito da cantora do começo ao fim, mesmo sendo uma regravação da banda Heart.


7. Incredible feat. Ne-Yo (Loved Me Back To Life, 2013)
Último álbum da cantora antes da morte de seu marido, essa canção mostra a versatilidade de Céline, que ousou trazer elementos R'n'B e uma parceria com o rapper Ne-Yo, mesmo com o estilo já consolidado e considerado clássico há muito tempo. No entanto, não deixa de ser uma canção majoritariamente acústica e tão orquestrada quanto possível, impressão digital de Céline.



Muito além de 'My Heart Will Go On' Muito além de 'My Heart Will Go On' Reviewed by Wilson Barroso on quarta-feira, outubro 11, 2017 Rating: 5