Orphan Black: A face que espelha Sarah Manning


"Apenas uma. Somos poucas. Sem família também. Quem sou eu?"


A espera por Sarah Manning já chegou ao fim!!!

Seguindo com o especial inspirado pelo encerramento da série de ficção cientifica Orphan Black, nesta edição prometemos trazer o clone principal do drama canadense interpretada pela brilhante Tatiana Maslany: a clone Sarah.

A clone Sarah é o foco central da série. Ela basicamente cai de para-quedas na bagunça de se ter um DNA sintético patenteado no momento em que assume a identidade de outro clone, Elizabeth Childs, depois de testemunhar o suicídio da mesma.



Sarah passou de adolescente-problema a adulta autora de pequenos delitos. Está fugindo de ex-parceiros de crime quando testemunha o suicídio de Beth. Para Sarah, mais chocante do que o suicídio em si, é o fato de que a morta é uma autentica cópia sua, literalmente. Ela rouba a bolsa de Beth e tenta assumir a identidade da morta, unindo o útil ao necessário: roubar sua conta bancária e descobrir como e por que existe no mundo outra pessoa exatamente igual a ela.



A personalidade de Sarah é extremamente distinta. Determinada, teimosa, forte, destemida, deslocada e sutil, são alguns dos adjetivos perfeitamente vistos na nossa personagem protagonista. 

Sarah é uma das, apenas duas, clones férteis. Todas as outras são incapazes de dar a luz a um novo ser humano por atrofia e tumores nas trompas uterinas. Sendo assim, Sarah, até então, é a única das clones a ter uma criança biologicamente sua, a pequena e inteligente Kira, personagem importantíssima na trama canadense.

Diretamente ligada a Sarah está a sua, não só clone, mas também irmã gêmea por terem sido geradas juntas, Helena.



Helena,  obviamente, será nossa próxima personagem do especial de encerramento de Orphan Black.

FIQUEM LIGADOS!



















Orphan Black: A face que espelha Sarah Manning Orphan Black: A face que espelha Sarah Manning Reviewed by Angela Leitte on terça-feira, agosto 08, 2017 Rating: 5